Com 67 toneladas de lixo recolhidas por mês, descarte irregular vira problema em Fortaleza

Uma tentativa de combate ao acúmulo de lixo em locais irregulares é a criação de espaços denominados ecopontos.

A concessionária da Prefeitura de Fortaleza Ecofor Ambiental, responsável pela coleta de lixo na cidade, retira das ruas cerca de 49 mil toneladas de lixo domiciliar por mês. Para o superintendente da concessionária, João Júlio Sombra, o costume de descartar o lixo de forma irregular é um problema antigo.

Existe uma coleta especial quando o lixo é descartado de forma incorreta na cidade, nos canteiros das avenidas e em terrenos baldios. Os números da coleta envolvendo o especial sobem para uma média de 67 toneladas de lixo. A Ecofor Ambiental informa que mantém o calendário de coleta de lixo de forma regular.

Uma tentativa de combate ao acúmulo de lixo em locais irregulares é a criação de espaços denominados ecopontos, que estão em fase de teste e recebem resíduos de podas de plantas e árvores e de construções. Os dois ecopontos em fase de teste ficam na Avenida Leste Oeste, no bairro Nossa Senhora das Graças, e outro na Rua Meruoca, bairro Varjota, próximo à Via Expressa.

Então faça a sua parte de juntar o seu lixo, ficar atento ao calendário da coleta e e descartar o seu lixo da forma mais correta, colaborando com a cidade.
Share on Google Plus

About correio gospel

0 comentários:

Postar um comentário