Bebê é jogado por mais de 7 metros

Um bebê de sete meses sofreu apenas uma contusão após ser arremessado por 7,6 metros durante um acidente em Ohio, nos EUA.

De acordo com o site local "WHIO", a batida aconteceu quando um veículo atingiu a van onde estavam Lashanda Goldsmith, sua filha Madison, de apenas sete meses, e uma garota de 15 anos.

A bebê voou pela janela do carro e as equipes de resgate a encontraram em sua cadeirinha a mais de sete metros do local do ocorrido.

Os olhos dela estavam fechados e os bombeiros acharam que ela estava morta. Então Madison abriu os olhos e sorriu para eles. A pequenina sofreu apenas uma ferimento na cabeça, mas já está bem e em casa.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o Celta aquaplanou e rodou na pista. O Voyage, que seguia atrás no mesmo sentido, acabou batendo. Os bombeiros informaram que o bebê estava na cadeirinha, mas que o cinto não estava atado.

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, com a colisão, a criança foi arremessada a uma distância aproximada de 15 metros. Ela viajava em VW Voyage com pais quando o veículo bateu na lateral de um GM Celta, saiu da pista e capotou.

A criança foi socorrida e levada para o Hospital Municipal de Inhumas. Segundo o cadete Thiago Wening, que atuou no resgate, havia a suspeita de que ela teria sofrido um afundamento de crânio, o que foi descartado em exames.

"Ele fez raio-x da cabeça e do tórax e o médico descartou qualquer tipo de fratura ou hemorragia. Mesmo assim, por ser um bebê, foi indicado que seja levado posteriormente a uma unidade mais avançada para passar por uma avaliação mais detalhada", disse.

Ainda segundo o cadete, os pais do bebê também foram encaminhados para o mesmo hospital com lesões leves - ele no punho e ela no joelho e tórax -, mas já foram liberados. A condutora e única ocupante do Celta não se feriu.

Fonte: http://odiagospel.com/

Deixe sua opinião abaixo:
Share on Google Plus

About Correio Gospel

0 comentários:

Postar um comentário