Pastor canadense desaparece na Coreia do Norte

O religioso chegou no país no dia 31 de janeiro e voltaria para casa no dia 4 de fevereiro.

O pastor canadense Hyeon Soo Lim, 60 anos, foi até a Coreia do Norte participar de uma missão humanitária e está há três semanas desaparecido. O sumiço do reverendo presbiteriano foi citado pelo jornal Toronto Star e repercutido em diversos jornais do mundo através de agências de notícias.

Segundo informações o pastor entrou na Coreia no dia 31 de janeiro através da China e desde então sua família e amigos não tiveram mais notícias sobre ele.

O religioso voltaria para o Canadá no dia 4 de fevereiro, mas isso não aconteceu. Ele viajou para o país representando a Light Korean Presbyterian Church de Mississauga e essa não foi a primeira vez que ele foi até a Coreia, seus parentes disseram que o país foi visitado mais de 100 vezes pelo religioso.

O fato do pastor não chegar no Canadá no dia combinado não preocupou a igreja porque eles sabem que os atrasos são frequentes quando se trata de estrangeiros que deixam a Coreia do Norte, mas segundo a porta-voz da denominação, Lisa Pak, ao completar três semanas eles desconfiaram que algo de errado pode ter acontecido. “De vez em quando há atrasos, mas nunca desta extensão”, disse ela.

A esposa e o filho do pastor contam com o apoio do governo canadense para levantar informações sobre o paradeiro do religioso. Em um comunicado a família agradeceu a todos que estão orando pelo caso. Com informações G1
Share on Google Plus

About Correio Gospel

0 comentários:

Postar um comentário