Sindicato realiza paralisação nas garagens de ônibus em Fortaleza

A população enfrentou, na manhã desta terça (7), problemas com o transporte público, devido uma paralisação dos ônibus de Fortaleza. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro), os motoristas e cobradores se reuniram no início desta manhã em um ato, realizado nas garagens das empresas.

A manifestação, segundo o Sintro, iniciou às 4h, com os veículos sem sair dosestacionamentos. Com isso, o horário de diversas linhas atrasou e alguns coletivos não entraram nos terminais. Segundo o sindicato dos trabalhadores, o ato terminou por volta das 6h.

Os passageiros relataram, via a ferramenta do VCrepórter, pelo aplicativo WhatsApp, que os ônibus deixaram de transitar em vários locais da cidade, inclusive nos terminais do Papicu, Conjunto Ceará e Antônio Bezerra. Devido aos atrasos, as pessoas que dependem dos coletivos lotaram as paradas. Uma das saídas encontradas foi optar pelos veículos do transporte alternativo, que também registraram intensa demanda no início da manhã. Em Maracanaú, segundo um internauta, os ônibus só começaram a circular por volta das 6h45.

A Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) também estaria sendo afetada com a interrupção do serviço, segundo mensagens de internautas de cidades. No entanto, o Sintro não confirmou a paralisação nestes locais.

O sindicato dos trabalhadores informou que o ato terminou por volta as 6h e que outro ato não estava programado.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) ressaltou que o movimento não foi promovido pelos trabalhadores, mas sim pelas centrais sindicais no Dia Nacional de Luta em Defesa dos Direitos da Classe Trabalhadora. Segundo o sindicato, o transporte público não deve ser afetado novamente ao longo do dia.
Share on Google Plus

About Correio Gospel

0 comentários:

Postar um comentário