Atentado suicida em igreja no nordeste da Nigéria deixa 6 mortos

Um atentado suicida em uma igreja da cidade de Potiskum, capital comercial do estado de Yobe, no nordeste da Nigéria, deixou seis mortos, informaram várias testemunhas à Agência Efe.

A explosão ocorreu durante a oração dominical em uma igreja do município, quando uma mulher que estava rezando ateou fogo em si mesma e assassinou a pelo menos seis pessoas.

"A mulher que provocou isto estava rezando aqui conosco quando aconteceu a explosão. Ela morreu junto com muitas outras pessoas", explicou à Efe Sarah, que estava na igreja no momento do atentado. "Vi que a polícia levou seis corpos, enquanto outras pessoas gemiam de dor no solo envolvidas em poças de sangue", contou, e acrescentou que muitos fiéis ajudaram os agentes retirarem os feridos.

Até o momento, as autoridades nigerianas não informaram o número de vítimas mortais do atentado. Potiskum foi alvo de vários ataques terroristas nos últimos meses.

O último deles em 15 de junho, quando dez pessoas morreram em outro atentado suicida contra um grupo de autodefesa da cidade.

Embora nenhum grupo tenha reivindicado este último atentado, todas as suspeitas apontam para o grupo jihadista Boko Haram, que desde terça-feira assassinou mais de 200 pessoas em uma sanguinária onda de atentados em diferentes pontos do norte do país.

Vários destes atentados ocorreram em mesquitas, onde dezenas de fiéis foram assassinados durante as rezas diárias, em pleno mês do Ramadã.

Na terça-feira e na quarta-feira os jihadistas atacaram várias aldeias do norte e mataram 150 pessoas, incluídos mulheres e crianças. O presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, qualificou estes atentados de "atrozes" e já recorreu aos países vizinhos para desdobrar a partir de 30 de julho uma força multinacional para tentar acabar com os terroristas.

Fonte: R7
Share on Google Plus

About correio gospel

0 comentários:

Postar um comentário