População denuncia medicamentos vencidos em posto de Redenção


Moradores do município de Redenção, 63 km de Fortaleza, afirmam que o posto de saúde da região está carente de medicamentos e, ao mesmo tempo, possui centenas de remédios vencidos expostos nos corredores da unidade. A denúncia foi repassada a um vereador local, que constatou as irregularidades nesta semana. A Secretaria de Saúde do município afirma que medicações vencidas serão retiradas da unidade até esta sexta-feira, 16. 

O professor de filosofia Francisco Freire, 30, conta que vários medicamentos faltam, mas teme que a exposição dos remédios vencidos acarrete riscos à saúde da população. "É muito fácil uma pessoa passar e pegar um desse remédios sem nem perceber que ele pode fazer mal. Além das caixas dos vencidos, temos uma quantidade grande de lixo hospitalar exposto", completou. 

Segundo o vereador Mairton Lima (PR), que visitou o posto médico na terça-feira, 14, as denúncias procedem e a Secretaria de Saúde foi notificada. "Eu vi que as caixas realmente estavam vencidas e também constatei uma quantidade de material de ambulatório sem o descarte correto. Fiz um ofício pedindo respostas urgentes em até 24 horas. Depois do prazo, o procedimento foi passado ao Ministério Público Estadual", relatou. O POVO Online procurou o MPE, que informou ter recebido a denúncia e está apurando o caso.

Mairton disse que somente depois de 48 horas recebeu uma posição do secretário de saúde do município, Jadson Ferreira, com a promessa da retirada dos medicamentos até esta sexta-feira, 16. "Eu me preocupei com essa exposição perigosa dos remédios. Temos muitas pessoas doentes que passam e acabam pegando os remédios. A empresa contratada para a coleta será procurada, visto que ela estaria demorando para recolher os materiais ambulatoriais", explicou. 

O POVO Online tentou entrar em contato com a Secretaria de Saúde do município, mas as ligações ainda não foram atendidas. 
Share on Google Plus

About Correio Gospel

0 comentários:

Postar um comentário