Rapaz é acusado de matar homem a facadas após culto em igreja dos EUA

Um rapaz de 30 anos foi acusado nesta segunda-feira (27/7) de esfaquear um homem coreano até a morte e ferir gravemente sua esposa depois de um culto ontem à noite em uma igreja em Maryland (EUA). O motivo do ataque ainda não foi esclarecido.

Song Su Kim, da Virgínia, foi acusado de assassinato de primeiro e de segundo grau, tentativa de homicídio de primeiro e de segundo grau e teve acusações de agressão, de acordo com o Gabinete do Xerife do Condado de Frederick.


A polícia respondeu a um chamado informando sobre o esfaqueamento no Centro de Retiro e Aconselhando Anna Prayer, em Urbana, e encontrou uma "cena muito sangrenta", disse o xerife Chuck Jenkins em uma entrevista coletiva na noite de domingo.

Após o esfaqueamento, Jenkins disse que o suspeito, que havia sido hospedado no Centro de Retiro e Aconselhando Anna Prayer por cinco dias, ligou para a polícia e disse que ele estava na estrada, em pé, "à espera de ser preso", mas ele não disse o porquê. Ele foi tomado em custódia sem incidentes e não tinha passagem pela polícia, Jenkins.

Funcionários foram chamados na instalação no sábado porque o Su Kim estava reclamando da comida, disse Jenkins.
Share on Google Plus

About correio gospel

0 comentários:

Postar um comentário