Cantores e pastores que se divorciam: o que Deus pensa sobre isso?

No início desse ano o Portal do Trono publicou sobre a separação do Pr. Jabes Alencar e sua nova relação. À época, muitos foram os comentários de pessoas reprovando a atitude de um dos maiores pastores do estado do Rio, e melhor amigo do Pr. Silas Malafaia.

Porém ele não é o único: a cantora gospel Lauriete, ex-deputada federal, também se separou de seu marido e casou-se no ano passado com o senador Magno Malta, que é militante da chamada “família tradicional brasileira”. Seguem na lista também o cantor e pastor Kléber Lucas, que já se casou 3 vezes, e atualmente está com a ex-mulher do jogador Romário.

Mas afinal, cristão pode ou não se divorciar? A resposta não é tão simples de ser dada, por uma questão simples: tudo que envolve a natureza humana é complexo demais para ser taxado disso ou daquilo, e esses pastores e cantores provam na pele como é difícil se ater ao que Jesus diz sobre não poder se casar duas vezes.

Jesus disse: “Todo aquele que se divorciar de sua mulher e se casar com outra mulher, estará cometendo adultério contra ela. E, se ela se divorciar de seu marido e se casar com outro homem, estará cometendo adultério”. (Marcos 10:11, 12.

Esses pastores e cantores, numa interpretação taxativa da Palavra, estariam todos condenados ao inferno! Mas, é aí que entra a graça. E se a lei é distante, a graça anda conosco, nos conhece, pois foi feita para que tivéssemos perdão nos momentos que nem mesmo nós conseguimos explicar nossos extintos.

Vou continuar apanhando dentro de um casamento infeliz porque não posso me divorciar? Uma ova! Quem gosta de apanhar é saco de boxe. Separar é a melhor solução (além de denunciar o caso à polícia). Viver em um casamento de fachada só para sustentar a imagem de família de margarina também não é algo saudável e positivo para ninguém, pois se está cultuando a mentira, e Deus trabalha com a verdade. Você deve lutar pelo seu casamento até onde você vir que vale à pena. As vezes é melhor estar sozinho(a) do que ao lado de alguém que só traz sofrimento para você.

Não faço aqui apologia ao divórcio, mas chamo a atenção para o fato de que viver de aparências é um conceito que não cabe mais na vida de quem quer ser feliz de verdade em Cristo. Esses casamentos de cantores e pastores que foram desfeitos, deram lugar a outros, talvez muito mais cheios de amor e intimidade com Deus do que os anteriores. E isso se repete nos relacionamentos de pessoas que não estão na mídia, mas que vivem esse dilema em suas vidas.

Não existem fôrmas para nós e nossos problemas. Cada um com sua cruz, seus pecados e mazelas. E Jesus com sua graça sem par, nos levantando em meio aos tombos e dizendo que conhece a nossa estrutura, sabe que ela é pó. O Deus que veio viver como nós, e não julgou uma prostituta em seu tempo mas antes tentou compreendê-la, com certeza sabe que a natureza humana não cabe em fórmulas de pessoas perfeitas, e é isso que faz dele um Deus excepcional.

E você, o que acha? Comente!
Share on Google Plus

About correio gospel

0 comentários:

Postar um comentário