Conar investigará propaganda com Ivete Sangalo que faz piada com homens


A nova propagandada Bombril, que trouxe Ivete Sangaloe as humoristas Dani Calabresa e Monica Iozzi, será investigada pelo Conselho Nacional de Autorregula-
mentação Publicitária (Conar). O processo contra a marca foi aberto nessa quarta-feira, 12, após denúncias de consumidores que alegaram "discriminação de gênero" e "deboche da figura masculina". 

Segundo o Conar, foram recebidas cerca de 15 queixas de homens que reclamaram das piadas com a figura masculina. No comercial, as mulheres dizem que "toda brasileira é uma diva", mas "todo homem é diva-gar [devagar]". Ivete diz ainda: ''Ixe, esse daí nem com todos os produtos da Bombril para ajudar a casa". Assista:

Em nota, a marca disse que a campanha foi "desenvolvida para valorizar o protagonismo feminino". Sobre o vídeo, a Bombril disse que "usa uma linguagem bem-humorada para ressaltar o valor da mulher na sociedade brasileira e não tem a intenção de ofender os homens ao fazer uma brincadeira com a palavra 'diva'". 

Anteriormente, o Conar arquivou denúncias envolvendo anúncios semelhantes da empresa. O conselho disse que algumas mulheres também criticaram a campanha deste mês nas redes sociais, chamando o material de machista por reforçar o estereótipo de que apenas elas cuidam da casa. 

O vídeo entrou no ar neste mês, tanto na TV aberta como fechada. O julgamento, conforme o Conar, deve ser realizado em setembro, mas até lá o comercial pode ser veiculado normalmente. A Bombril já foi absolvida em 2011, quando uma propaganda com Calabresa, Iozzi e Marisa Orth comparava homens a cachorros, os quais necessitavam ser adestrados. 
Share on Google Plus

About correio gospel

0 comentários:

Postar um comentário