Igreja símbolo do cristianismo no Níger não tem verba para ser reconstruída



O trabalho de reconstrução de igrejas no Níger caminha em ritmo lento. Seis meses após os ataques de extremistas islâmicos, os cristãos ainda tentam recuperar as propriedades danificadas.

A igreja Batista “Roundabout”, símbolo do cristianismo no país, foi uma das igrejas atacadas.

Fundada em 1929, o templo recebeu muitas pessoas e levou a mensagem do Evangelho para quem não conhecia. Com o ataque, o telhado desabou, a fachada do prédio e as paredes foram atingidas pelas chamas.

Este não foi o único templo atingido, os muçulmanos extremistas da capital Niamey atacaram 70 igrejas, escolas e orfanatos que eram administrados por cristãos. O motivo do ataque seria uma vingança aos ocidentais pelas charges de Maomé publicadas pela revista francesa Charlie Hebdo.

Roundabout, por conta da sua importância, foi um dos primeiros alvos dos extremistas e por falta de verba a igreja não tem condições de passar por um restauro para voltar a receber os fiéis.
Share on Google Plus

About correio gospel

0 comentários:

Postar um comentário