Malafaia pede misericórdia de Deus para a política brasileira

O pastor Silas Malafaia se mostrou preocupado com o encontro que o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva teve nesta quarta-feira (12) com a cúpula do PMDB.

O tema do encontro foi a apresentação de um plano anticrise apresentado pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (AL), juntamente com o vice-presidente Michel Temer.

O líder religioso ironizou o interesse de Lula em tentar participar da conversa com os aliados para encontrar soluções para a crise política e econômica do Brasil.

“Lula se reuniu com a cúpula do PT, agora com a cúpula do PMDB. Mas não é ele que nunca sabe de nada? Me engana que eu gosto, só engana otário”, disse.

Malafaia lembra que até pouco tempo atrás o PT estava cismado com o senador Calheiros. “Para o PT, até semana passada Renan era o próprio diabo, virou agora o homem da solução da crise. Qual o acordo feito às escondidas? VERGONHOSO!”

Preocupado, Malafaia afirmou: “Deus tenha misericórdia do Brasil”. O pastor assembleiano entende que o momento é delicado e por isso afirma que as manifestações marcadas para o próximo domingo são legítimas.

“Dia 16 o povo vai usar as prerrogativas da democracia e se manifestar pacificamente contra o governo. É direito, é legal, é assim que tem que ser”.

Sobre os protestos a favor da presidente Dilma, Malafaia desabafa: “Os esquerdopatas produzidos nas universidades, conhecidos por UNE, vão fazer um protesto de apoio a Dilma, que LINDO! Tem que justificar a grana”.



Fonte: noticias.gospelprime.com.br


Share on Google Plus

About Correio Gospel

0 comentários:

Postar um comentário