Novo Titanic volta aos mares em 2016 e já tem fila de espera


Uma réplica do icônico navio Titanic vai voltar aos mares em 2016. A Blue Star Line, companhia de navegação australiana que encomendou a construção do novo transatlântico na China, confirmou que o Titanic II terá capacidade para 2,4 mil passageiros e fará sua primeira viagem no primeiro trimestre de 2016. De acordo com a empresa, mais de 50 mil pessoas manifestaram interesse em comprar as passagens, que ainda não tiveram os valores divulgados.

                            
O percurso do Titanic II, entre Southampton (Inglaterra) e Nova York (Estados Unidos), será o mesmo do navio original, que afundou em 1912, matando mais de 1.500 pessoas. A nova embarcação terá o mesmo comprimento, 269 metros, mas será um pouco mais larga (45 metros), para oferecer maior estabilidade. Além disso, os botes salva-vidas serão aumentados, com relação ao projeto original, para atender ao total de passageiros e tripulantes, diferente do transatlântico que afundou em 1912.

Os ambientes serão uma réplica exata do original, inclusive com uma sala do télegrafo, mas com navegação guiada por GPS e serão instalados modernos sistemas de comunicação. O Titanic II terá, também, um banho turco, uma piscina e um Café Parisiense, tal qual em 1912. A réplica é um projeto do magnata da mineração australiano Clive Palmer. Os valores do investimento estão sendo mantidos em sigilo. A embarcação está sendo construída no estaleiro da companhia estatal chinesa CSC Jinling Shipyard.




O Titanic II terá a famosa escadaria com relógio e a cúpula de vidro . (Foto: Divulgação/Blue Line)




A piscina também será uma réplica fiel do original. (Foto: Divulgação/Blue Line)




A sala de banho turca foi lembrada na nova versão do Titanic. (Foto: Divulgação/ Blue Line)


Uma sala do telégrafo irá manter a atmosfera nostálgica, mas o novo navio terá sistemas modernos de comunicação. (Foto: Divulgação/ Blue Line)


Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/
Share on Google Plus

About Correio Gospel

0 comentários:

Postar um comentário