Joelma doa fazenda de 9 milhões de reais para Assembleia de Deus


A cantora Joelma teria doado uma fazenda com 850 cabeças de gado à igreja evangélica da qual faz parte, uma filial da Assembleia de Deus.
Após anunciar seu divórcio e a saída da banda Calypso ao fim deste ano, a cantora confirmou que passaria “servir a Deus”, levantando rumores de que tocaria uma carreira na música gospel.
A informação de que Joelma teria doado a fazenda no Pará a uma igreja foi veiculada pelo site Click RBS. A cantora também teria vendido uma mansão em São Paulo (SP) e um apartamento em Recife (PE), mas não há informações sobre repasse de valores dessas negociações à denominação.
Já separada, Joelma estaria vivendo em uma mansão na capital pernambucana, avaliada em R$ 9 milhões. “
Joelma, talvez acreditando que sua paz está na igreja, resolveu doar parte de seu patrimônio à instituição. “O local tem jardins imensos, piscina, quadra de esportes, capela, um deque que fica de frente pro rio que corta o local e garagem. Para circular lá dentro, a cantora usa um carrinho de golfe”, escreveu a jornalista Celina Keppeler, em sua coluna Na Ponta da Língua, do Diário Catarinense.
O divórcio
O pivô da separação entre a cantora Joelma Mendes e o guitarrista Chimbinha teria sido uma “menina” evangélica, segundo confissão do próprio músico. Uma gravação da conversa entre os ex-cônjuges vazou nas redes sociais.
Chimbinha diz, na gravação, que evitou falar abertamente sobre o assunto com Joelma para “proteger” a jovem, pois os fãs da banda Calypso “são perigosos”, e assim, poderiam persegui-la por ser a responsável pela separação do casal e o consequente fim da banda.
O músico atentou também para o fato de que ele repreendeu a jovem quando ela tentou manter contato e que ele estava ciente de que foi um equívoco. Durante a gravação, ouve-se apenas a voz de Chimbinha. 
Share on Google Plus

About correio gospel

0 comentários:

Postar um comentário