13 veículos são apreendidos por dia em situação irregular pela AMC


Foram apreendidos 3.609 veículos em situação irregular em Fortaleza entre 15 de janeiro de 2015 e o último 7. O número equivale a uma média de 13 veículos recolhidos a cada dia na Capital. As detenções aconteceram em operação integrada entre a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e a Polícia Militar (PM). Os veículos, 90% motocicletas, são encaminhados ao depósito do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) na Maraponga. De acordo com estimativa do Detran, cerca de 80% desses veículos são regularizados pelos proprietários e voltam a circular.
Os veículos apreendidos pela AMC só podem ser liberados após 72 horas e os condutores devem pagar taxas e multas em atraso, R$ 60 do reboque e as diárias de permanência no Detran (R$ 9 para carros e R$ 6 para motos por dia). Os condutores têm até três meses para retirar os veículos do depósito, depois eles são encaminhados para leilões promovidos pelo Detran.
A maior parte das apreensões tem como causas o atraso no licenciamento, condutores não habilitados e a ausência de equipamento de segurança, como o capacete. As três principais irregularidades cometidas são infrações consideradas gravíssimas. A multa varia de R$ 191,54 a R$ 574,62, além de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
Segundo a AMC, o objetivo é retirar de circulação motoristas e veículos irregulares e com alguma pendência referente à documentação e habilitação. Já os policiais fazem a abordagem de pessoas em situações suspeitas que na maioria das vezes utilizam motocicletas para cometer delitos.
As ações se concentram nos bairros Conjunto Ceará, Bom Jardim, Pirambu, Praia de Iracema, Messejana, Barroso, Praia do Futuro, Cidade dos Funcionários, Conjunto Esperança e Mucuripe. O trabalho ostensivo acontece diariamente em dois turnos, sendo mais frequente no período noturno.
Share on Google Plus

About correio gospel

0 comentários:

Postar um comentário