IRMÃO DE SEU MADRUGA DIZ QUE ATRIZ FLORINDA MEZA CONVERSA COM O DIABO

A entrevista de Gugu Liberato com Florinda Meza, viúva de Roberto Gómez Bolaños, criador de “Chaves”, ainda repercute no México. O irmão de Ramón Valdés (Seu Madruga), Antonio Valdés, desmentiu a revelação da atriz mexicana de que o humorista, morto em 1988, era o único do elenco da série que tinha problemas com drogas.

Em entrevista a uma TV mexicana, Antonio, que é comediante como o irmão, detonou a ex-colega de Seu Madruga. Disse que “o diabo a espera” e que ela quer apenas “publicidade”.


“Esta senhora conversa com o diabo, porque a verdade é que o diabo a está esperando, e o que ela busca é publicidade, pobrezinha. Que Deus a ajude a encontrar algo que resolva sua solidão e que Deus a ajude no que lhe resta de vida”, desabafou Antonio Valdés ao programa “Ventaneando”, da TV Azteca.

Segundo ele, Ramón Valdés teve problemas de saúde sérios pelo vício em cigarro, porém nunca usou outras drogas: “Deveríamos estar muito bravos [com a declaração de Florinda], mas sabemos perfeitamente que é mentira. Ramón fumava muito, isso sim. O cigarro lhe fez mal, matou a coluna vertebral do meu irmão. Era muito feliz”.

Antonio Valdés recusou o pedido de desculpas de Florinda na internet. Em sua rede social, a atriz afirmou que não tinha intenção de sujar a imagem do ex-colega.

“Agora é um ‘rei, o melhor comediante que tivemos, maravilhoso’. Já não digo grosserias, mas não me provoque. Se busca causar dano, o dano é para ela, pobrezinha. É melhor que a senhora encontre um namorado rapidamente para não fazer mais travessuras e falar demais”, finalizou.

(UOL)
Share on Google Plus

About correio gospel

0 comentários:

Postar um comentário