“Seja homem!”, dispara Silas Malafaia para o senador Marcelo Crivella

O senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) foi cobrado publicamente pelo pastor Silas Malafaia sobre sua postura a respeito do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), após toda a imprensa veicular a informação de que ele estaria atuando para barrar o processo.

Em uma nota divulgada no site do PRB, o bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus afirmou que não concedeu entrevista à mídia comentando sua postura sobre o impeachment, e negou que estivesse trabalhando para derrotar o pedido de destituição de Dilma em troca de apoio à sua candidatura à prefeitura do Rio de Janeiro.

“Não dei nenhuma entrevista a qualquer veículo sobre minha posição quanto ao impeachment negociando meu voto em troca de apoio para candidatura à Prefeitura do Rio. Também não fiz qualquer pronunciamento no Senado sobre o tema, basta ver os anais […] Não houve mudança de discurso do PRB, que continua em posição de bancada independente desde que assim anunciou”, afirmou o senador.

Como não falou abertamente sobre sua postura, Malafaia usou o Twitter para exigir que Crivella dissesse qual sua posição, independentemente de ser a favor ou contra a destituição da presidente: “Todo mundo, no mundo político, sabe que Crivella apoia e trabalha contra o impeachment da Dilma. É um direito dele, só não venha enganar o povo. Assume Crivella! Você apoia esse governo corrupto que está destruindo o Brasil. Seja homem!”, afirmou o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC).

“CRIVELLA! Você quer da uma de humilde e verdadeiro cristão, só que, você apóia esse governo corrupto.ESTÁ DESAFIADO A PROVAR Q SOU MENTIROSO “ — Silas Malafaia (@PastorMalafaia) 29 de março de 2016.

Em resposta a Malafaia, Crivella também usou o Twitter, novamente sem marcar posição clara sobre o impeachment: “Como cristão e homem público preciso entender as críticas e suportar até infâmias do pastor Malafaia, que considero desinformado, mas sincero. Entrego a Deus. Aprendi com Cristo a dar a outra face. Com os egoístas, sou generoso. Se mentem, digo a verdade. Se são maus, devolvo com o bem. Que Deus abençoe meus inimigos e tenha misericórdia dos que me perseguem, como tem tido de mim”, publicou.

“Como cristão e homem público preciso entender as críticas e suportar até infâmias do @PastorMalafaia, q considero desinformado, mas sincero.” — Marcelo Crivella (@MCrivella) 29 de março de 2016

Em meio aos burburinhos, surgiu a informação que, diante da reticência do partido sobre o impeachment, Dilma estaria juntando esforços para reconquistar o apoio do PRB: “O Palácio do Planalto não está brincando em serviço. Já deu a Funasa, ex-capitania hereditária do PMDB, ao PTN. Está tentando fechar o retorno do PRB ao governo”, de acordo com o jornalista Lauro Jardim, de O Globo.

Horas depois, o presidente do partido, Marcos Pereira, cravou uma versão mais pontual sobre o tema: “O PRB não volta atrás em sua decisão. Apoia o impeachment e ponto final”, disse.

Lauro Jardim ainda acrescentou que há indecisos dentro da legenda na Câmara: “O governo chegou a conversar com alguns deputados — cinco em uma bancada de 22 — na linha já assumida de conseguir votos no varejo. Alguns estão tentados. Mas, ao menos por enquanto, não disseram ‘sim’ aos encantos do Planalto”.

(Gospel +)

Share on Google Plus

About correio gospel

0 comentários:

Postar um comentário