Fortaleza e RMF Não Atingem Meta De Economia De Água Pelo sexto mês

Fortaleza e Região Metropolitana (RMF) chegam ao sexto mês seguido sem atingir a meta de redução do consumo de água estabelecida pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece). Implantada em dezembro de 2015, a tarifa extra impõe economia de 10%. Sem conseguir diminuir o uso e diante da crise hídrica no Estado, a RMF tem possibilidade crescente de racionamento, conforme O POVO publicou na última sexta-feira, 17.

De acordo com dados da Cagece, em maio deste ano, o consumo dos municípios em que a tarifa é aplicada registrou redução de apenas 4,5% (uma economia de 547.000 m³), quando comparado com média calculada entre os meses de outubro de 2014 e setembro de 2015.

“A partir de fevereiro temos tido economia. Então, o mecanismo está dando resultado, pois, quando analisamos outros municípios, não observamos a redução de 5%”, analisa Agostinho Moreira, superintendente comercial da Cagece. Ele conta que nestes seis meses era prevista a economia de 7 milhões de m³. Ainda assim, Fortaleza e RMF só conseguiram reduzir 1,7 milhão de m³.

De acordo com a Cagece, em maio, 249 mil clientes tiveram a tarifa de contingência aplicada em suas contas por terem excedido a meta estabelecida para o consumo de água. Ao todo, foram arrecadados R$ 5,8 milhões com o mecanismo no mês passado. Segundo Moreira, o valor arrecadado é investido no enfrentamento à seca e na redução de perdas.

Até o dia 30 deste mês, a Cagece deve entregar um plano de racionamento para a Capital, para ser aplicado se a medida eventualmente acontecer.

Racionalização

Conforme O POVO veiculou na última semana, Francisco Teixeira, secretário dos Recursos Hídricos (SRH), afirmou que é prevista para agosto a aplicação de um processo de economia de 20% de água na Capital. Como publicado na matéria, a assessoria de comunicação da SRH afirma que a “racionalização” citada pelo secretário inclui medidas aprofundadas de economia, mas que não necessariamente significavam racionamento. As ações a serem adotadas não foram detalhadas.

Saiba mais

Tarifa de contingência

Com a tarifa extra, o consumidor que não reduz consumo de água em pelo menos 10% paga uma tarifa extra de 120% sobre o valor não economizado.

Economia mês a mês

Dezembro e Janeiro: aumento de 12,5%
Fevereiro: economia de 4,5%

Março: economia de 3,2%
Abril: economia de 5,2%

Maio: economia de 4,5%

Share on Google Plus

About correio gospel

0 comentários:

Postar um comentário