PAI NÃO SUPORTA IRONIA DE ASSASSINO DA FILHA E TENTA AGREDI-LO EM TRIBUNAL

Um pai não suportou a ironia do homem acusado de matar a sua filha e tentou agredi-lo durante o julgamento do crime. O caso ocorreu nos Estados Unidos, em um tribunal de Ohio.


O incidente começou quando Van Terry, pai Shirellda Terry, foi dar seu depoimento para o juri. Ao dizer que a morte da filha “magoou profundamente a família”, Michael Madison - serial killer condenado por outros crimes - deu um sorriso irônico. Terry não aguentou a provocação e pulou sobre o acusado tentando socá-lo. Rapidamente, a polícia do tribunal agiu e separou os dois.

Após a confusão, Terry foi levado para fora da Corte e não ouviu a sentença aplicada a Madison. O serial killer, que tem 38 anos, foi condenado a pena de morte por conta do crime.

O promotor do caso disse que vai analisar as imagens para ver se Terry cometeu algum delito tentando agredir o condenado.
Share on Google Plus

About Correio Gospel

0 comentários:

Postar um comentário