RACIONAMENTO EM FORTALEZA E NA RMF DEVE COMEÇAR EM JULHO

Fortaleza e Região Metropolitana (RMF) devem iniciar ações de racionamento de água a partir do dia 20 de julho. Entre as medidas para a redução de consumo, está a diminuição da pressão da água enviada aos bairros da Capital, o que irá gerar abastecimento em dias alternados. A expectativa é de que haja uma economia de 20% de água.


As informações foram antecipadas na manhã de ontem pelo titular da Secretaria dos Recursos Hídricos do Estado (SRH), Francisco Teixeira, em entrevista ao Blog do Eliomar. “Vamos reduzir a pressão de um lado da Cidade em um dia e, depois, no outro lado da Cidade em outro dia, para não secar toda a rede”, afirmou. A ideia, segundo o secretário, é fazer um manejo de controle de pressão. “Tecnicamente, isso pode ser chamado de racionamento”, afirmou.

Até o fim deste mês, a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) deve elaborar o plano de contingência para a RMF. Segundo Teixeira, o começo das medidas de economia de água dependerá da celeridade da apreciação do plano pelas agências reguladoras.

Em relação aos bairros mais altos da Capital e que já enfrentam problemas com a chegada da água, o secretário afirmou que estão sendo estudadas alternativas para que não fiquem sem abastecimento; entre elas, instalação de poços profundos.

Pedro Neto, vice-presidente do Comitê das Bacias Metropolitanas, afirma que a vazão de água enviada à RMF é de cerca de 9 m³ por segundo. “A meta de redução de consumo de 20% é alta e, nesse caso, vai ter que ser feito um racionamento, de fato”, considera.

Em nota, a Cagece reforçou que tem trabalhado na elaboração do plano de contingência de Fortaleza para garantir o abastecimento.

Procurada pela produção para dar informações a respeito da pressão de água enviada à Fortaleza e ao consumo industrial, a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) afirmou que nesta semana não seria possível atender à demanda.
Fonte. O povo
Share on Google Plus

About Correio Gospel

0 comentários:

Postar um comentário