Próxima atualização do Windows 10 vai acelerar PCs antigos

Desde janeiro, o desempenho do seu PC não é o mesmo. Você pode nem lembrar, mas foi nesta época que a Microsoft liberou uma correção para a falha de segurança Spectre, que afetava praticamente todos os processadores da Intel lançados na última década. O efeito colateral foi perda de velocidade, mas agora a Microsoft diz que o próximo update do Windows 10 vai mitigar esse problema.



A novidade já está sendo testada pelos membros do programa Windows Insider, que já começaram a testar a próxima grande atualização do sistema operacional, programada para o primeiro semestre de 2019. A versão ainda é instável, mas pode trazer ganho de desempenhos ao PC.



Mehmet Iyigun, que trabalha no desenvolvimento do kernel do Windows, contou por meio do Twitter que a Microsoft habilitou dois recursos chamados “Retpoline” e “Import Optimization” que, quando operam em conjunto, ajudam a reduzir o impacto de perda de desempenho a um nível quase desprezível para a maioria dos cenários.




A Microsoft não entrou em detalhes sobre o que é esse “import optimization”, mas o outro recurso já é bem conhecido. Trata-se de uma técnica desenvolvida pelo Google para bloquear ataques baseados na falha Spectre que não causam tantos problemas de desempenho. Ao que tudo indica, a Microsoft gostou da ideia e irá aplicaŕ-la na próxima atualização do Windows 10.

A novidade no Windows 10 também se torna uma vantagem sobre o Windows 7 e pode ser um motivo para migrar para a nova versão do sistema. Isso porque as correções da falha Spectre atingiram de forma especialmente grave o desempenho dos PCs com Windows 7, e os novos recursos de segurança parecem ser exclusivos do Windows 10, de forma que os computadores com o sistema antigo continuarão tendo sua velocidade afetada.
Share on Google Plus

About NANDO CÉSAR

0 comentários:

Postar um comentário